Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ai de Mim

As pessoas estranham-me. Mas não há de ser nada. Ai de Mim se um dia deixo de ser quem sou.

Sab | 24.02.18

Livro: Ser Blogger

SerBlogger - Livro.jpg

 

Hoje vai ser um dia dedicado aos livros.

 

Há já algum tempo que andava com ideias de criar um blog, mas não ganhava lanço para vir para aqui escrever, assumir este compromisso de publicar com frequência, de inventar textos na esperança de cativar quem lê o que escrevo.

Já tinha lido algumas coisas na Internet, mas sou uma pessoa com muita afinidade ao papel. Por isso fiz uma pesquisa para ver se encontrava algum livro que falasse do tema "Ser Blogger" de uma forma objetiva e simples, de modo que qualquer pessoa conseguisse perceber a "ciência" que está por detrás deste hobby/profissão.

Encontrei então o livro Ser Blogger, escrito por Carolina Afonso e Sandra Alvarez.

A minha opinião só poderia ser positiva. A começar pela capa, que acho fantástica e apelativa, e passando pelo tipo de escrita e por haver um cuidado em expor o tema de uma forma clara. E é motivador ler os testemunhos de Bloggers que agora são (re)conhecidos e que se dedicam ao seu espaço com tanto amor e dedicação.

Para mim a parte mais complicada foi (e, na verdade, ainda é) escolher um tema. Tive muita dificuldade em decidir o que escrever, como escrever, que tipo de imagens colocar, que nome dar ao blog e tantas outras mais coisas que me passavam pela cabeça.

Reparei que andava a adiar o que era inevitável: criar efetivamente um blog. Deixei-me de "desculpas" e criei o Ai de Mim. Tento publicar algo todos os dias e reconheço que não é fácil (e nunca pensei que o fosse), mas é uma sensação maravilhosa saber que as minhas palavras podem ser lidas em qualquer parte do mundo e que aquilo que sinto e penso pode dar alento para que pessoas como eu não se sintam "a ovelha negra", não se sintam diferentes por serem diferentes.

 

Por isso, considero este livro um bom ponto de partida, tendo sido nele que ganhei a coragem que me andava a faltar.

 

Ai de Mim se não criava um blog para dizer o que penso.