Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ai de Mim

14
Abr18

Café da D. Felicidade (#1)

Músculos presos. Garganta apertada. Fala intermitente. Ligeira sensação de tremor no corpo.

São estes os meus sintomas e sei muito bem qual é o diagnóstico porque estes sintomas surgem apenas quando te vejo. São conhecidos os sintomas e as causas, menos mal. Não preciso de ver o teu rosto para te reconhecer; já te conheço os contornos, a forma como caminhas, o tipo de roupa que usas... Vê lá bem que sei tanto de ti e tu nem sequer sabes da minha existência.

Gosto-te tanto e tenho tanta necessidade de to dizer que escrever-te cartas (sem tas entregar) foi a melhor solução que encontrei. Até podias ter outras ideias igualmente válidas, mas como não sabes que as procuro também não mas podes dar.

Hoje passaste por mim enquanto eu tomava o café habitual no estabelecimento da D. Felicidade. Vou lá todos os dias e já não consigo saber se vou pelo café ou por saber que instantes depois tu vais passar na rua.

Olha só as coincidências da vida: tomo café no café da D. Felicidade para ter a felicidade de te ver. 

Sei que sorririas caso soubesses destas coisas que penso e digo. Mas não sabes.

Vou parar a escrita com esta memória do teu sorriso. Vou pousar o caderno, a caneta e apagar a luz. Preciso de dormir bem porque, sem saberes, amanhã temos encontro marcado no café da D. Felicidade.

 

Até amanhã.

4 opiniões

opinar sobre isto

Quem é esta?

foto do autor

acompanhem também aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivo vivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D