Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ai de Mim

28
Ago18

Livro: Uma Mulher de Cinquenta Anos

Terminei este livro durante a semana passada. Li-o relativamente rápido: foi emprestado e não gosto de ter durante muito tempo coisas que não me pertencem.
Torna-se interessante a forma como uma mulher, educada nos tempos do Salazar, aborda a sexualidade de forma tão crua. Exprime os seus sentimentos e pensamentos de uma forma a que não estamos habituados em alguém que cresceu num ambiente de ditadura.
 
Fala sobre o casamento, sobre o amor que se sente por alguém e aquele "amor" que muitos se convencem existir.
Fala sobre relações heterossexuais e se relações que envolvem uma terceira pessoa.
Fala das amizades e das personalidades distintas: casais que decidem deixar de dormir na mesma cama porque já não querem ter mais filhos em constraste com casais que procuram algo diferente todos os dias.
 
Não é um livro erótico, apesar de ter alguns parágrafos que descrevem o momento da atividade sexual.
Acaba por ser, tal como a capa do livro indica, um diário. É um relato "preto no branco" de alguém que quis partilhar a fase da sua vida em que se tornou uma pessoa diferente: por um lado mais submissa, por outro mais liberta.
 

MariaMonforte

Título: Uma Mulher de Cinquenta Anos - Diário Íntimo

Autor: Maria Monforte (pseudónimo inspirado numa personagem d'Os Maias de Eça de Queirós)

Editora: Gradiva

Edição: 1.ª (abril-2018)

Quem é esta?

foto do autor

acompanhem também aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivo vivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D