Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ai de Mim

04
Jul18

Querido, Mudei de Cara!

Querido Mudei de Cara

Assunto polémico. Não quero saber.

Eu já fiz o que aqui vou descrever, deu o resultado que eu vou mencionar e não fiquei a sentir-me bem.

A base, os pós, os BB, os CC e todas essas pinturas que nós teimamos em colocar no rosto deviam ser proibidas. Pelo menos enquanto se anda nas compras.

É a mania, a eterna mania de acharmos que ficamos mais bonitas ou menos feias com um bocadinho de base. Há alturas em que sinto que nem a base me ajuda e é então que me dou conta que é tudo psicológico.

Enquanto nos achamos feias e pedimos ajuda ao fond de teint, o conhecido "Querido Mudei de Cara", fazemos figuras que, se estivéssemos no nosso perfeito juízo acabaríamos por ter noção:

  • As famosas diferenças de tonalidade
  • As manchas - porque quando precisamos de assoar o nariz e nos esquecemos que colocamos base, já é tarde
  • As folhas em que tocamos ficam marcadas - porque estamos sempre a colocar a mão na cara, não nos apercebemos que a base passa para os dedos e depois andamos a tentar apagar a base das folhas com uma borracha [e não resulta]
  • Não podemos ter um momento emocial, porque se deixamos cair uma lágrima ficamos com uma risca vertical a atravessar as maçãs do rosto

(e a pior)

  • Experimentamos roupa nas lojas e quando não gostamos, há sempre uma menina que vai experimentar uma peça com base. Acontece principalmente nos brancos e noutros tons mais claros. É horrível. Já me aconteceu sujar uma blusa (vergonha total) e já me aconteceu nem experimentar uma peça porque - que nojo - tem um bocado de base de alguém que eu não faço ideia quem seja.

 

Tanta coisa com a proteção de dados e andamos a deixar por aí nacos de base, por tudo quanto é lado, ao dispor dos mais ilustres detetives. Qualquer dia aparecem multas em casa por andarmos a danificar os bens de terceiros, ou começam a chegar faturas de lavandarias. 

Nunca se sabe.

E o que me entristece é que nunca vi numa loja uma camisa de homem suja com base. Acredito que existam, mas os homens são tão mais naturais nestas coisas. Querem lá saber se têm uma espinha na ponta do nariz, continuam a ser os melhores do mundo (nem que seja para eles mesmos). O espelho adora-os, e eles adoram o espelho.

 

A genética é uma coisa fantástica, e que a noção de beleza sempre foi (e há-de ser) relativa. A base é só uma mentira.

Tudo isto para dizer que a base deveria ser proibida, pelo menos enquanto se anda nas compras.

8 opiniões

opinar sobre isto

Quem é esta?

foto do autor

acompanhem também aqui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivo vivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D